manifesto

Manifesto da 3ª Marcha Mundial pela Paz e Não-Violência

Catorze anos depois da Primeira Marcha Mundial pela Paz e pela Não-Violência, as razões que a motivaram, longe de serem reduzidas, reforçaram-se. Hoje, os 3ª Marcha Mundial pela Paz e pela Não-Violência, é mais necessário do que nunca.

Vivemos num mundo em que a desumanização é crescente, onde nem mesmo as Nações Unidas são referência na resolução de conflitos internacionais. Um mundo que está a sangrar em dezenas de guerras, onde o choque de “placas geopolíticas” entre potências dominantes e emergentes está a afectar principalmente as populações civis.

Com milhões de migrantes, refugiados e pessoas ambientalmente deslocadas que são empurradas para desafiar fronteiras cheias de injustiça e morte. Onde tentam justificar guerras e massacres devido a disputas por recursos cada vez mais escassos.

Um mundo em que a concentração do poder económico em poucas mãos quebra, mesmo nos países desenvolvidos, qualquer expectativa de uma sociedade de bem-estar.

Em suma, um mundo em que a justificação da violência, em nome da “segurança”, conduziu a guerras de proporções incontroláveis.

Por tudo isso, os participantes do 3ª Marcha Mundial pela Paz e pela Não-Violência , “nós, o povo”, queremos levantar um grande grito global para:

«Estamos no final de um período histórico negro e nada será como antes. Pouco a pouco o amanhecer de um novo dia começará a nascer; as culturas começarão a compreender-se; As pessoas experimentarão um desejo crescente de progresso para todos, compreendendo que o progresso de alguns termina em progresso para ninguém. Sim, haverá paz e por necessidade compreender-se-á que uma nação humana universal está a começar a tomar forma. Enquanto isso, aqueles de nós que não somos ouvidos trabalharemos a partir de hoje em todas as partes do mundo para pressionar aqueles que decidem, para difundir os ideais de paz baseados na metodologia da não-violência, para preparar o caminho para novos tempos. .»

Silo (2004)

PORQUE ALGO DEVE SER FEITO!!!

Comprometo-me a apoiar isto da melhor maneira possível e numa base voluntária. 3ª Marcha Mundial pela Paz e Não violência que sairá da Costa Rica em 2 de outubro de 2024 e após circunavegar o planeta também terminará em San José da Costa Rica em 4 de janeiro de 2025, buscando visibilizar e empoderar esses movimentos, comunidades e organizações, numa convergência global de esforços em prol destes objectivos.

Eu assino: