A 3ª Marcha Mundial pela Paz e Não Violência terá início dia 2/10/2024, ainda faltam 69 días.

Para que

Relate a situação mundial perigosa com conflitos crescentes, continue a aumentar a conscientização, torne visíveis ações positivas, dê voz às novas gerações que desejam instalar a cultura da não-violência.

O que

Com o background da 1º World March 2009-2010, que durante os dias 93 percorreu os países 97 e os cinco continentes. Esta 3ª Marcha Mundial pela Paz e Não-Violência durante os anos 2024 e 2025 é proposta.

Quando e onde

O 3º MM começará em San José, Costa Rica, em 2 de outubro de 2024, o Dia Internacional da Não Violência. Ele percorrerá os 5 continentes, terminando em San José, Costa Rica, em 5 de janeiro de 2025.

Últimas Notícias do Março

O 3º MM começará em San José, Costa Rica, em 2 outubro 2024, Dia Internacional da Não Violência, quinze anos após o 1º MM.

Você quer colaborar conosco?

Patrocine uma excursão do março

O curso da marcha precisa de patrocinadores para alcançar o máximo de público e participação.

Conecte-se nas redes sociais

Organização

Equipes de promotores

Eles surgirão através de ações e projetos da base social.

Plataformas de Suporte

Áreas de participação mais amplas e diversificadas do que as equipes de promotores

Coordenação Internacional

Coordenar iniciativas, calendários e rotas

Algumas informações sobre nós

Perante o aparente retrocesso da humanidade, é urgente fazer com que as vozes daqueles de nós, em cada continente, que queremos um mundo sem guerras e violência sejam ouvidas e fortalecidas.

Para isso, convidamos você a participar da 3ª Marcha Mundial pela Paz e Não-Violência (3ª MM), 5 anos depois da 2ª MM (2019-2020) que teve uma jornada de 159 dias, e 15 anos depois da 1ª MM que em 2009 - Em 2010, durante 93 dias, percorreu 97 países nos cinco continentes.

Mais de 2.000 organizações participaram das duas marchas anteriores.

Esperamos que mais pessoas participem desta edição! Apelamos a todas as pessoas, grupos e representantes de instituições públicas e privadas que já se manifestam ou queiram demonstrar com as suas acções o seu compromisso com a paz,
a não-violência e os demais temas centrais da 3ª Marcha Mundial.